Mentoplastia

A mentoplastia ou genioplastia é a cirurgia para correção de deformidades no mento, ou queixo. Serve para diminuir o queixo ou para aumentar um queixo mal definido ou retraído, por meio de osteotomia ou implantes.

Para a obtenção de um bom resultado, a correta avaliação da face é importante. É preciso diferenciar a deformidade pura do mento da deformidade de toda a mandíbula, quando há alteração na “mordida” ou oclusão dentária, pois o tratamento é diferente para cada situação.

Normalmente, esse é um procedimento associado à rinoplastia (cirurgia do nariz), o que harmoniza sensivelmente o perfil – daí o uso do termo perfiloplastia.

Quando, após avaliação, tenha-se decidido aumentar o mento com uso de implantes, existem basicamente duas opções:

1. Silicone: apresentam maior facilidade em sua introdução. Já foram utilizadas largamente, no entanto com o seu uso foi-se descobrindo uma importante desvantagem: a reabsorção óssea.

2. Polietileno poroso de alta densidade - POREX- A estrutura aberta de poros intercomunicantes permite o crescimento de tecido internamente. Essa característica diminui acentuadamente a possibilidade de reabsorção óssea.

Pode ser realizado sob anestesia local com acesso intraoral, ou externo.



Conteúdos Relacionados:

Frontoplastia  -  Mentoplastia  -  Correção do lóbulo da orelha - Lobuloplastia  -  Adenoamigdalectomia  -  Otoplastia - Correção de orelha de abano  -  Rinoplastia  -  Septoplastia - Cirurgia nasal funcional  -  Blefaroplastia  -  Bichectomia - Lipectomia jugal