Ronco tem cura?

O ronco ocorre quando há dificuldade de fluxo aéreo através do nariz e da boca. Até certo ponto pode ser normal, conforme a posição ou o dia em que existe um maior relaxamento dessa área.

Em crianças, a causa mais comum do ronco é a hipertrofia adenoamigdaliana. O tratamento é, na maioria das vezes, cirúrgico.  Se for constatada apenas rinite alérgica ou infecção, o tratamento clínico é suficiente.

Nos adultos com ronco ocasional leve, algumas medidas simples são indicadas, como cortar drogas sedativas, evitar álcool e alimentação pesada antes de dormir, perder peso, praticar exercícios físicos, dormir de lado e com a cabeceira elevada.

Já para os que roncam com frequência e em qualquer posição, é necessário o acompanhamento de um profissional, com realização de exames detalhados do nariz, garganta, palato e pescoço, além de estudos em laboratórios do sono (polissonografia).

No ronco patológico, caracterizado por grandes vibrações e ruído intenso, além do desconforto provocado nos outros existe a possibilidade de ocorrerem pequenas interrupções na respiração (apneia) ocasionadas pelo fechamento parcial das vias aéreas superiores. As consequências são quadros mais graves de sobrecarga cardiocirculatória, variação da pressão arterial, sonolência durante o dia, baixo rendimento intelectual e no trabalho, cansaço e irritabilidade persistente – daí a importância da investigação diagnóstica.

O tratamento varia conforme cada caso. Pode ser desde uma simples intervenção cirúrgica nasal ou intervenção no palato (uvulopalatoplastia a laser) até, em casos mais severos, o uso de CPAP, sigla em inglês para Contiunous Positive Airway Pressure, ou seja, pressão positiva contínua na via aérea. Trata-se de um gerador de fluxo que, por meio de uma máscara nasal, fornece uma pressão de ar suplementar para manter a via aérea desobstruída.



Conteúdos Relacionados:

Hidratação injetável da pele  -  Sinusite  -  Rinite  -  Otorrinolaringologia  -  Ronco tem cura?  -  Tosse crônica  -  Rinoplastia Estruturada  -  Cuidados pré e pós-cirurgia nasal  -  Cuidados pré e pós-cirurgia nasal  -  Cuidados pré e pós-cirurgia nasal